Parceria viabiliza 'teste da orelhinha' em bebês filhos de presas na Penitenciária Feminina de Tupi Paulista

  • 06/06/2024
(Foto: Reprodução)
Procedimento obrigatório foi direcionado a crianças de um a cinco meses de vida. Teste da Orelhinha é aplicado em bebês de um a cinco meses de vida SAP Por meio de uma parceria com o Centro de Saúde da Prefeitura, a Penitênciária Feminina de Tupi Paulista (SP) viabilizou a realização da Triagem Auditiva Neonatal, mais conhecida como "teste da orelhinha". O procedimento, que é obrigatório, atendeu bebês filhos de detentas que cumprem pena na unidade. 📱 Participe do Canal do g1 Presidente Prudente e Região no WhatsApp O presídio pertence à Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste (Croeste), que é gerida pela Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP-SP). De acordo com a SAP-SP, o teste da orelhinha é obrigatório e de extrema importância, pois tem a finalidade de identificar se a criança possui alguma deficiência auditiva. Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 5% da população brasileira é composta por pessoas que apresentam alguma deficiência auditiva. A porcentagem significa que mais de 10 milhões de cidadãos apresentam a deficiência e 2,7 milhões têm surdez profunda. O procedimento é realizado a cada 60 dias pela fonoaudióloga Cleire de Almeida Beretta e é direcionado para bebês com idades de 1 a 5 meses e que habitam a Ala de Amamentação, juntamente com suas mães. O teste da orelhinha utiliza um equipamento chamado aparelho de emissões otoacústicas. Para a realização do procedimento, a fonoaudióloga coloca um fone que é adaptado ao tamanho da orelha do bebê e leva em média cinco minutos para ser concluído. O fone não causa dor nem desconforto, e não é invasivo. O instrumento emite sons de fraca intensidade e capta as respostas que a orelha interna do bebê produz. As respostas são impressas em forma de gráfico e são anexadas com um laudo do exame. A gestora da unidade prisional, Adriana Alkmin Pereira Domingues, ressaltou que o exame possibilita o diagnóstico e o tratamento precoce, determinantes para a aquisição da linguagem oral das crianças. Por meio de parceria, fonoaudióloga realiza exames na unidade prisional, em Tupi Paulista (SP) SAP Teste é realizado em filhos de detentas alojadas na Penitenciária Feminina de Tupi Paulista (SP) SAP VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

FONTE: https://g1.globo.com/sp/presidente-prudente-regiao/noticia/2024/06/06/parceria-viabiliza-teste-da-orelhinha-em-bebes-filhos-de-presas-na-penitenciaria-feminina-de-tupi-paulista.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. Birds

Imagine Dragons

top2
2. Señorita

Shawn Mendes, Camila Cabello

top3
3. Mudei

Kell Smith

top4
4. Tijolinho Por Tijolinho

Enzo Rabelo

top5
5. Verdades do Tempo

Tiago Brado

Anunciantes